Apoie: HQ nacional ‘O Lado Negro da Praça’ está no Catarse

7 de Fevereiro de 2018 às 18:53 | Por

O mangá nacional O Lado Negro da Praça busca financiamento através de uma campanha na plataforma Catarse. A equipe criativa conta com Vinícius Lemes, no roteiro e Jardel B. Ferraz, Eduardo Barbosa e Pedro Parente na arte.

 

A ideia do mangá surgiu da proposta de compor uma história de quatro páginas para um painel que ocorreria no evento *Drink & Draw (*Beber & Desenhar) organizado por Fábio Ochôa no ano de 2012, no Rio Grande do Sul. O painel não aconteceu, mas a ideia persistiu. E após 5 anos de trabalho, os artistas decidiram levar a história para os fãs de suspense e terror.

 

O mangá one shot, que contará com 84 páginas, narra a trajetória de uma pessoa em abandono no centro da cidade de Pelotas, que luta para encarar seu passado sombrio: O misterioso desaparecimento de seus entes queridos na histórica praça Coronel Pedro Osório, local onde há muito tempo, era proibido aos negros. O personagem principal, mistura de mentecapto com herói controverso, busca respostas em meio a um universo recheado de várias culturas. Ele é definitivamente alguém que, onde quer que vá, atrai a atenção de todos, seja por admiração ou ódio…

 

 

APOIE!

 

A campanha ficará no ar até o dia 21 de março. Os apoios podem ser realizados a partir de R$12 (pdf)/R$25 (impresso).

Recompensas:

Jornalista. Sonho em me tornar uma mistura de Lizzie Bennet e Tracy Whitney, tirando a parte fora da lei. Ler e escrever são o que mais gosto de fazer. Fico nervosa sem um livro na bolsa ou quando não acho caneta e papel quando a inspiração vem. Tenho sonhos a lá filme de Spielberg, ilusões amorosas por Mr. Darcy e obsessão por Harry Potter.