Crítica: Kdrama “My Secret Romance”

8 de Janeiro de 2018 às 20:21 | Por

Com apenas treze episódios, Sung Hoon (Oh My Venus, Noble My Love) e Song Ji Eun (do grupo K-pop Secret) estrelam o drama My Secret Romance.

 

Na história, Cha Jin Wook (Sung Hoon), um chaebol de segunda geração, conhece Lee Yoo Mi (Song Ji Eun), que nunca teve um namorado na vida. Eles acabam se aproximando e passam uma única noite de amor. Porém, após isso Yoo Mi desaparece, deixando Cha Jin Wook sozinho.

 

Três anos depois, Cha Jin Wook já não é mais o mesmo após ter sido abandonado. Ele se torna um empresário com um coração de pedra, focado apenas no trabalho. Por trás da aparência sedutora e expansiva, o rapaz é muito solitário e Yoo Mi ter fugido aquela noite, lhe remeteu à mágoas passadas e um grande complexo de abandono.

 

Eles acabam se reencontrando após a cafeteria da empresa que coordena contratar uma nutricionista nova, que não é ninguém mais do que a Lee Yoo Mi. Mesmo fingindo a princípio não se conhecerem, algumas coisas são difíceis de esconder, como os sentimentos de ambos.

 

Contendo um roteiro leve e divertido, alguns temas delicados na Coreia do Sul são abordados. Raramente é mostrado em dramas casos de uma noite só ou histórias envolvendo indústria pornográfica, por conta do conservadorismo do país.

 

 

O humor cativante se baseia na imaturidade do casal em lidar com seus sentimentos ao se reencontrarem. Tudo é novo para eles, e a diferença de personalidade, sendo ela recatada e relutante e ele descarado e determinado, provoca boas risadas, utilizando dos batidos clichês de comédia romântica.

 

O drama tem desenvolvimento basicamente na história do casal principal. Apesar de ter narrativas secundárias, elas são retratadas de maneira superficial, com algumas exceções.

 

O relacionamento de Yoo Mi com a mãe tem muita relevância para entendermos as atitudes da garota, e com isso, recebe algum destaque. Por sentir vergonha do passado da mãe, Yoo Mi tenta a todo custo não repetir atitudes e personalidade dela e acaba se reprimindo em diversos aspectos, principalmente o romântico. Nesse sentido, Cha Jim Wook aparece com uma libertação. Pois, aos poucos, ele acaba mostrando a ela que deve se permitir ser quem é, sem se importar com os outros.

 

 

Ele tira Yoo Mi de sua zona de conforto. Ao contrário de Jung Hyun Tae (Kim Jae Yung) , amigo de longa data da garota, que secretamente nutre uma paixão de anos por ela e tenta a proteger de tudo e todos. Sabendo todos os temores e sua personalidade melhor que ninguém, é um ótimo amigo, sempre ajudando Yoo Mi, a mãe, e seu irmãozinho, que encanta pela fofura.

 

Contudo, o rapaz não se mostra uma grande ameaça ao relacionamento dos protagonistas, assim como Joo Hye Ri (Jung Da Sol), famosa apresentadora que sempre tenta conquistar Cha Jin Wook. O destino mostra que Cha Jin Wook e Yoo Mi foram feitos um para o outro, a química incrível deles é um forte indicativo disso.

 

Se você está a fim de um drama leve e doce, uma boa opção é My Secret Romance.

 

Jornalista. Sonho em me tornar uma mistura de Lizzie Bennet e Tracy Whitney, tirando a parte fora da lei. Ler e escrever são o que mais gosto de fazer. Fico nervosa sem um livro na bolsa ou quando não acho caneta e papel quando a inspiração vem. Tenho sonhos a lá filme de Spielberg, ilusões amorosas por Mr. Darcy e obsessão por Harry Potter.