Resenha: Livro “Segredos Obscuros”, de Caroline Demantova

27 de dezembro de 2017 às 20:39 | Por

Sinopse: Roxana Irving, uma ex‑modelo famosa por escrever um livro sobre os bastidores da moda, decide se retirar para um isolado hotel fazenda no interior do Paraná, a fim de escrever sobre um famoso homicídio ocorrido no local: Cristiano Diniz foi acusado de matar Barbara, sua esposa, com base em provas indiciárias.

 

Entretanto, o corpo não foi descoberto e, mesmo assim, Cristiano foi denunciado por homicídio – eis que em seu carro foram encontradas uma bolsa e uma blusa contendo o sangue da vítima, e uma testemunha afirmou tê‑lo visto carregando o corpo da esposa para o meio do mato.

 

Um mês após a prisão de Cristiano, o corpo da esposa aparece misteriosamente. E pior: tudo indica que ela havia sido estrangulada nos estábulos do hotel, apenas duas horas antes. Mas esse crime, que culminou na morte de Barbara, nunca foi esclarecido, e Cristiano, desaparece num acidente de carro. Para desvendar esta  intrincada e surpreendente trama, Roxana irá se deparar com segredos obscuros que envolvem a vítima e que ameaçam a vida do filho de Barbara.

 

 

Romance policial cheio de segredos e reviravoltas

 

A escritora Caroline Demantova apresenta em Segredos Obscuros uma trama misteriosa, envolvente e bem construída. O enredo deste romance policial apresenta todas as boas características relacionadas ao gênero: um crime enigmático, personagens com intenções veladas e diversas reviravoltas.

 

A elaboração dos personagens é acertadamente composta e principalmente espontânea. Apresentando características tangíveis, os personagens se tornam imprevisíveis e inconstantes, afinal, assim como qualquer ser humano, são ambíguos muitas vezes.

 

Exemplo maior disso é exatamente a protagonista. Roxanne possuí determinação e coragem. Longe do papel de boa moça indefesa, descobrimos já no início que seu passado e suas atitudes afetaram a vida de muitas pessoas. Na altura onde o livro é apresentado podemos afirmar com precisão que suas experiências moldaram seu caráter e fizeram com que se tornasse quem é. Entre qualidades e defeitos, é uma pessoa complexa e extremamente dúbia.

 

 

Alguns detalhes prejudicaram o ritmo da narrativa. A repetição de informações e diálogos longos poderiam ser subtraídos do texto pois evitaria, assim como ocorreu, que em diversas partes a leitura fosse cansativa e arrastada, comprometendo portanto a narrativa como um todo.

 

Outro ponto é que há uma uniformidade no tom da fala de todos os personagens, e isto causa estranheza pois acaba sendo retratado como se todos tivessem as mesmas características (escolaridade, idade) por conta da forma como os diálogos acontecem.

 

O livro aborda diversos assuntos delicados, atuais e relevantes, com o peso de um realismo palpável, tornando assim a história chocante e verossímil. Diversas das situações descritas são possíveis relacionar com fatos ocorridos próximos a muitas pessoas, que podem ter presenciado ou tido conhecimento destes.

 

Todos possuem segredos, e é ao redor deles que toda a narrativa se permeia. E quando está envolvido assassinatos e sumiços, o que poderá ser descoberto pode e irá chocar.  A forma como o desfecho ocorre, bem amarrado, explicita a criatividade e dedicação da autora em não deixar pontas soltas.  E esse é um dos motivos que nos impulsiona a continuar acompanhando Caroline Demantova pelo mundo do romance policial.

 

————————————————————————————————————————————————————————————

 

Caroline Demantova, além de escritora é promotora de justiça do Paraná. Amante de romance policial, adora tramas com assassinos imprevisíveis e quebra-cabeças a serem desvendados. Além de Segredos Obscuros, ela escreveu A Maldição dos Barros Gilda Não Morreu.

Jornalista. Sonho em me tornar uma mistura de Lizzie Bennet e Tracy Whitney, tirando a parte fora da lei. Ler e escrever são o que mais gosto de fazer. Fico nervosa sem um livro na bolsa ou quando não acho caneta e papel quando a inspiração vem. Tenho sonhos a lá filme de Spielberg, ilusões amorosas por Mr. Darcy e obsessão por Harry Potter.