Bruno Maron apresenta ‘Rommates’, 14ª edição da coleção Ugrito

6 de novembro de 2017 às 18:19 | Por

Assinado por Bruno Maron, a 14ª edição da coleção Ugrito, tem como protagonista dois colegas de apartamento, daí o nome, Roomates.  Tony e Henrique compartilham e falam sobre a vida.

 

As histórias longas tem um trajeto mais tortuoso e geralmente são como um quebra-cabeças: fui juntando pedacinhos ao longo do tempo até sentir que aquilo resultaria numa composição forte.” contou Maron sobre a HQ.

 

Roomates – Mórbida Diferença teve como inspiração as aulas de filosofia do autor, mais especificamente, a obra de Nietzsche. “Acho que Nietzsche é um dos filósofos mais maltratados e mal interpretados da história. Existe uma transmissão muito vulgar e mutilada da obra dele por aí, tanto é que sem querer ele ficou caricato  (acho que o bigode ajudou também hahaah)” disse Maron. “Acho que ele fez um trabalho muito denso sobre a condição humana, mas tem que ter muita paciência e honestidade pra abarcar aquilo tudo. Guardei esse rascunho para uma oportunidade boa.”

 

O convite para participar da Ugritos, da Ugra Press, veio diretamente de Douglas Utescher e Daniela Utescher, criadores da coleção. “A Dani e o Douglas da Ugra são pessoas maravilhosas, a gente se conhece há algum tempo e eles já haviam dito que queriam que eu fizesse um Ugrito. Quando me chamaram, eu tive a intuição de que aquele rascunho sobre as aulas seria perfeito pro formato e o número de páginas.” revelou Bruno. “Faltava a dimensão concreta, o cenário, os personagens. Pensei num duelo entre dois roomates, pois tive ampla experiência com isso. Embora tenha me dado muito bem com todos eles, sempre fiquei pensando como seria uma temporada com um um roomate estranho, que rolasse um desconforto. Deve ser meio desesperador, né? Não posso falar mais pra não estragar a surpresa.”

 

Adquira em https://www.ugrapress.com.br/

Jornalista. Sonho em me tornar uma mistura de Lizzie Bennet e Tracy Whitney, tirando a parte fora da lei. Ler e escrever são o que mais gosto de fazer. Fico nervosa sem um livro na bolsa ou quando não acho caneta e papel quando a inspiração vem. Tenho sonhos a lá filme de Spielberg, ilusões amorosas por Mr. Darcy e obsessão por Harry Potter.