10 Curiosidades Literárias da autora Beatriz de Castro

25 de outubro de 2017 às 14:05 | Por

A autora Beatriz de Castro, de apenas 24 anos já tem dois livros publicados de forma independente, ‘Pietra’ e ‘Belas Monstruosidades’. Além, de ‘Killlian’ que está na Amazon, já está escrevendo ‘Serafine’ terceiro livro da ‘Trilogia Sobrevivência’, e ‘Sob a Espada de Morrigan’, um livro de fantasia celta.

 

Com tanta criatividade para escrever tantas histórias totalmente diferentes ao mesmo tempo, não tem como não haver diversas curiosidades literárias sobre a autora. E, é isso que iremos conferir abaixo!

 

 1 – Meu primeiro livro foi uma historinha sobre um peixinho que gostava de boiar e tinha escamas de ouro. Eu tinha 7 anos e havia lido Harry Potter e descobri que era aquilo que eu queria fazer da vida (escrever, não ser um peixe).

 

 

2 – Eu gosto de escrever histórias de suspense, mas fico com medo depois.

 

3 – O primeiro livro da vida que eu li se chamava “A Barba Negra do Capitão”, minha mãe me contava essa história desde que eu tinha uns dois anos, tanto que eu gravei e ficava imitando ela segurando o livro, as pessoas achavam que eu sabia ler por causa disso.

 

4 – Minha história favorita quando era criança se chamava “O Pássaro de Fogo”, que era de um livro enorme de fábulas. Nunca mais consegui encontrá-lo novamente.

 

5 – O único livro que me fez chorar se chama “Cinderela Chinesa” e a causa do meu choro foi a morte de um pato.

 

 

 

6 – ‘Pietra’ surgiu para mim em um sonho quando eu ainda estava no ensino médio.

 

7 – A pesquisa mais estranha que já fiz para um livro foi para saber se existiam abóboras na Grécia. E a resposta é sim.

 

 

8 – Eu gosto de escrever em silêncio, menos quando são cenas de ação, aí eu preciso de um fundo sonoro para aumentar a adrenalina.

 

9 – O primeiro nome para ‘Belas Monstruosidades’ foi ‘Ladies Grotescas’. Eu sei, péssimo.

 

10 – Inicialmente Killian seria filho do dono da fábrica, mas achei melhor ele conhecer a Pê desde sempre, mas não ter coragem de falar com ela.

Jannayna Pereira

Jornalista, mãe de 6 peludos e de uma cascuda chamada Donatela. Sou uma mistura de Penélope Charmosa e Wandinha Addams, a típica fofa das trevas que adora o universo Disney. Choro toda vez que assisto a morte de Mufasa, amo Cavalo de Fogo e necessito de TWD. K-pop é como uma religião e minha deusa é a Hyuna. Ainda não sei se vivo no País das Maravilhas ou no Fantástico Mundo de Bob, porém, desde que os doramas e o tal de Lee Min Ho começaram a fazer parte da minha vida, a Coreia não me parece uma má ideia.