Conheça “As Sentinelas”, novo livro de Caroline Defanti

28 de junho de 2016 às 15:18 | Por

A escritora Caroline Defanti ( “Irmandade de Copra”) novamente aposta

na ficção científica em seu novo livro, “As Sentinelas”. Publicado no Wattpad, sendo um capítulo disponibilizado todo domingo, a história se passa no ano de 2152.

 

Após diversas catástrofes, revoluções e guerras o mundo já não é mais o mesmo. Mudado, ele agora é comandado por uma organização governamental chamada Ordem. Porém, quando um crime acontece, todos os caminhos levam o soldado Zack Sólomon diante os sangrentos segredos do século XXI. Em companhia de uma charmosa professor de história, a principal suspeita, ele terá de desvendas crimes e conflitos do século passado, escondidos por aqueles que confiava. Nada é o que parece e diante dele ressurgem os antigos agentes da justiça e verdade, os arqui-inimigos da Ordem: As Sentinelas.

 

A escritora contou para o Mais QI Nerds quais foram suas motivações para a criação da história: “Foram muitas. Na verdade, tem muitos motivos pelos quais eu quis escrever esse livro. A maior de todas, eu acho, foi o fato de que eu adoro histórias com robôs – e coisas como androides e ciborgues – e queria criar uma em que houvesse muitos deles como personagens propriamente ditos e até principais. Também fui muito motivada pela ideia de liberdade perdida e a tentativa de reconquistá-la, que eu procurei passar ao longo da trama. Os perfis dos personagens foram um dos principais também. Eu os criei há algum tempo, mas não tinha uma história para eles. Então, pensei: por que não criar uma? Bom, eu tentei. Eu queria uma ficção científica bem no estilo tecnológico, como faziam alguns dos meus grandes ídolos literários, Isaac Asimov e Júlio Verne – duas de minhas maiores inspirações -, e espero ter conseguido.”

 

Leia em : As Sentinelas

 

Confira a resenha de “Irmandade de Copra – A Irmandade

 

sent

Jornalista. Sonho em me tornar uma mistura de Lizzie Bennet e Tracy Whitney, tirando a parte fora da lei. Ler e escrever são o que mais gosto de fazer. Fico nervosa sem um livro na bolsa ou quando não acho caneta e papel quando a inspiração vem. Tenho sonhos a lá filme de Spielberg, ilusões amorosas por Mr. Darcy e obsessão por Harry Potter.